Conheça a cidade

Pernambuco é multicultural. Portugueses, holandeses, negros, índios. Todos contribuíram para formar essa massa cultural tão diversa. Encontra-se de tudo em Pernambuco. Gente de todos os tipos. Lugares para todos os gostos. Espaço e público para todo tipo de manifestação. Ainda se soma a tudo isso uma admirável beleza natural. Igualmente plural do litoral ao sertão: cidades de arquitetura colonial, praias ainda quase nativas e cultura por toda a parte.

Seja a passeio ou a negócios, quem vem a Pernambuco sempre se surpreende. Seja com a natureza exuberante, com as belas cidades ou com a excelente infraestrutura para receber o visitante. A hotelaria pernambucana se destaca pela quantidade e diversidade de equipamentos, de aconchegantes pousadas à hotéis de luxo. Nosso polo gastronômico é o primeiro do Nordeste, onde a sofisticada culinária internacional recebe os toques regionais dos famosos chefs pernambucanos.

Recife está localizado em uma posição geográfica estratégica em relação às outras capitais do Nordeste. Esta característica facilita e faz da capital de Pernambuco um importante centro econômico na região.

A diversidade histórico-cultural da cidade, as características arquitetônicas e os atrativos naturais, combinados com a receptividade do povo Pernambucano, fizeram de Recife um dos principais centros turísticos do Brasil, para negócios e lazer.


Fonte: InfoEscola


Programas turísticos pré e pós-evento

Recife Antigo

Considerado o coração do Recife, é o bairro onde está localizado o Marco Zero, ponto de origem da capital pernambucana. A Rosa dos Ventos, criada pelo artista plástico pernambucano Cícero Dias, está bem no centro desse ponto turístico e foi inspirada na sua obra "Eu vi o mundo... Ele começava no Recife". Cercado de construções seculares o Recife Antigo coleciona história, cultura, gastronomia e arte, distribuídas entre seus principais atrativos.


  • Sinagoga Kahal Zur Israel
  • Centro de Artesanato de Pernambuco
  • Armazéns do Porto – Centro Gastronômico
  • Parque de Esculturas Francisco Brennand
  • Museu Cais do Sertão - Luiz Gonzaga
  • Museu Paço do Frevo
  • Embaixada dos bonecos gigantes de Olinda

    O espaço surgiu da grande necessidade do turismo de Recife e Olinda de possuir um espaço cultural estruturado a receber turistas e recifenses para contemplar a grande magia da nova geração dos Bonecos Gigantes não só no carnaval, mas sim o ano inteiro. Localizado no Recife Antigo, abriga a exposição permanente de 63 bonecos gigantes e materializa ícones como: Alceu Valença, Michael Jackson, Chacrinha e Ayrton Senna.

    Passeios de Catamarã

    Conhecer o Recife através dos reflexos das águas do rio Capibaribe é uma ótima oportunidade para os turistas que chegam na Veneza Brasileira. Passando sob as pontes e atravessando bairros históricos, com a presença de um guia que relata histórias e curiosidades do Recife.

    Instituto Ricardo Brennand

    O Instituto Ricardo Brennand é um espaço cultural sem fins lucrativos inaugurado, que salvaguarda um valioso acervo artístico e histórico originário da coleção particular do industrial pernambucano Ricardo Coimbra de Almeida Brennand. Possui uma das mais modernas instalações museológicas do Brasil, abrangendo um complexo de edificações constituído pelo Museu Castelo São João,Pinacoteca, Biblioteca, Auditório, Jardins das Esculturas e uma Galeria para exposições temporárias e eventos.


    Oficina Francisco Brennand

    Antiga fábrica de tijolos e telhas herdada de seu pai, instalada nas terras do Engenho Santos Cosme e Damião, no bairro histórico da Várzea, e cercada por remanescentes da Mata Atlântica e pelas águas do Rio Capibaribe, a Cerâmica São João tornou-se fonte inspiradora e depositária da história do artista pernambucano. Lugar único no mundo, a Oficina Brennand constitui-se num conjunto arquitetônico monumental de grande originalidade, em constante processo de mutação, onde a obra se associa à arquitetura para dar forma a um universo abissal, dionisíaco, subterrâneo, obscuro, sexual e religioso.

    Cachaçaria Cavalheira

    Entre dois mil barris de carvalho, o visitante conhece a história da mais genuína bebida nacional, as técnicas modernas e artesanais de fabricação e passeia entre os barris de uma das melhores cachaças do Brasil.


    Olinda

    A cidade irmã de Recife possui inúmeras igrejas do estilo barroco, é muito famosa por ter um dos maiores carnavais brasileiros, reunindo em suas famosas ladeiras mais de 2 milhões de pessoas por ano. O Frevo, os Maracatus Nação e Baque Solto, além dos grupos de Caboclinho, vêm compondo e escrevendo a história carnavalesca de Olinda, sendo considerados Patrimônios Culturais do Brasil. Conta-se que o nome Olinda foi dado a partir de uma frase dita por Duarte Coelho: "Ó linda situação para se construir uma vila". Foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1968 e declarada pela Unesco Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade em 1982.


    As praias do litoral sul e norte de Pernambuco

    Porto de Galinhas

    Sem dúvidas esta é a praia mais badalada do Nordeste. Porto é uma praia belíssima e de águas azuis, mornas, quase sem ondas e com piscinas naturais na área do vilarejo. Nesta região estão outras incríveis praias: Serrambi, Calhetas, Gaibu, Muro Alto, Maracaípe, entre outras.


    Ilha de Itamaracá

    A Ilha de Itamaracá é formada por várias praias, quase todas de águas calmas e cristalinas. Um dos pontos turísticos da Ilha é a Praia do Forte Orange, de onde pode ser feita a travessia, de barco ou jangada, para a Coroa do Avião. Outra praia da região é de Jaguaribe, por exemplo, tem bares e restaurantes, além de sediar a tradicional apresentação da Ciranda da Lia.


    Praia dos carneiros

    É uma das praias mais bonitas do litoral pernambucano. Localiza-se no encontro das águas escuras do rio Formoso, com as águas cristalinas do mar. Alguns manguezais cercam a praia de areias brancas.

    Maria farinha

    Localizada a 19 km de Recife no litoral norte de Pernambuco, dispõe de ótima infraestrutura para lazer, hospedagem e alimentação. Repleta de bares e restaurantes, Maria Farinha é também muito procurada para a realização de esportes náuticos e passeios de ultraleve.


    Cabo de Santo Agostinho

    São mirantes formados por rochas de onde se pode ver o litoral pernambucano - de Recife ao Porto de Suape. Em uma caminhada de 2 km a partir da praia do Paraíso, chega-se às ruínas do Forte de Santo Agostinho, aos restos da ocupação holandesa e a uma igreja construída em 1728, na localidade de Nazaré. Distante a 30 km do Recife.


    Gastronomia

    A culinária pernambucana nasceu do maravilhoso equilíbrio entre as cozinhas portuguesa, indígena e africana. Terra da cana-de-açúcar, Pernambuco viu nascer nas casas grandes dos engenhos seu fascínio pelos doces. Do litoral vêm os peixes e crustáceos. Do interior, a carne de sol, o queijo coalho e o bode. O culto ao sabor fez do Recife o primeiro polo gastronômico do Norte e Nordeste e o terceiro do Brasil. E não é para menos, um verdadeiro festival de sabores está à disposição do turista, que pode provar desde uma deliciosa comida caseira à sofisticada culinária internacional.

       

    Segundo estimativa da ABRASEL/PE - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Pernambuco, mais de 1,7 mil bares e restaurantes estão espalhados pela cidade, o que coloca Recife como o 3º polo gastronômico do país.


       

    Em Recife há restaurantes especializados em mesclar a culinária sertaneja com a internacional, dando origem a pratos bastante saborosos e sofisticados. Além disso, em todo o Estado são encontrados maravilhosos quitutes.


    Vale a pena experimentar


  • Cuscuz
  • Tapioca
  • Bolo de Rolo
  • Cartola
  • Arrumadinho de carne de sol
  • Agulha frita
  • Queijo coalho com mel de engenho
  • Bolo Souza Leão

  • Também vale destacar a multiplicidade de festivais gastronô-

    micos no estado.
    Dentre os mais famosos, a gastronomia pernambucana se destaca em dois grandes festivais que acontecem anualmente, entre eles estão o Brasil Sabor e o Recife Sabor.

    Copyright 2019 ©
    ABENO • Associação Brasileira de Ensino Odontológico